quarta-feira, 22 de maio de 2013

Eles precisam è de amor!

Jà aqui tinha falado sobre o assunto mas agora que saiu a lei não podia deixar de comentar!
Sim,eu concordo plenamente com a lei da co-adopção!Acho que uma criança precisa è de um lar,amor,carinho,educação e tudo que vem por acrèscimo!Isso è o mais importante,se são dois homens ou duas mulheres que  a vão criar,qual è o problema!?O que importa è que vão ter direito a uma familia,a ser amadas,a ter uma casa onde vão poder brincar e partilhar uma vida!
E não,não acredito que uma criança que cresça com um casal homosexual vai ser com certeza homosexual!Acho isso absurdo!
Acredito que essas crianças têm todo o direito a ter uma familia como todas as outras e o direito a ser amadas e educadas!
Acredito que vão crianças felizes e que um dia vão agradecer por terem crescido numa familia diferente e não numa casa de acolhimento,onde seriam muito bem tratadas de certeza,mas que nunca teriam a mesma vida que podem ter no seio de uma familia!
Por isso mesmo,fico feliz que esta lei tenha finalmente saìdo e espero sinceramente que um dia os casais homosexuais possam adoptar,tal e qual um casal hetero!
Afinal,temos todos os mesmos direitos e somos todos iguais!È nisso que acredito e è isso que quero que os meus filhos acreditem no futuro!Completamente abaixo o preconceito!

3 comentários:

Marta Pinto disse...

Ja sabes a minha opinião não e? looool
Ainda no domingo, vi dois gajos aos linguados no metro e confesso que não foi nada agradável e senti-me constrangida. (pk n estou habituada a ver isso)

Amiga respeito a tua opinião e ate sei qual e a tua intensao.
Mas ja viste o que e uma criança ser educada com um casal assim? E como mesmo tu falas-te, nao quer dizer que a crianca tb va ser homo, mas pode ate ficar com traumas de complexo de autoestimaa e sentir-se mal perante os outros meninos na escola e futuro por ver uns pais um pouco difrentes do cumum... Entendes?

Beijaooo

sakura disse...

Entendo que cada um tem a sua opinião linda,mas que eu continuo com a minha!Ninguèm me garante que o meu filho criado por um pai e mãe não và um dia ser homosexual,e com certeza não o irei rejeitar por isso..E acredito que nas escolas e na vida todos passamos por fases menos boas e por comentàrios menos felizes..se ès preta vais ser rejeitada,se tiveres uma deficiência iràs ser rejeitada e falada,se tem qualquer diferença seràs rejeitada e falada,por isso não acredito que seja o facto de terem dois pais ou duas mães que os vão fazer menos felizes ou traumatizados!mas esta è a minha opinião e claro que respeito a de cada um!:)

Marta Pinto disse...

:)gt mt de ti companheira virtualll de blogg beijao e vdd,nem todos pensamos da mesma forma.

bjikesss

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers