quarta-feira, 22 de março de 2017

Tornar se mãe è o momento mais importante na vida de uma mulher,pelo menos aquelas que assim o desejam.
Acredito que quando nasce o nosso primeiro filho,nasce uma nova mulher e toda uma vida muda,para melhor!
E ontem,dia 21 de Março de 2017,nasceu uma nova mulher que me è muito querida.
E nasceu um tesouro pelo qual já estou apaixonada desde o momento em que a mãe o colocou nos meus braços.
Para ti que ontem começaste uma nova vida,a melhor de todas.
Que viveste o melhor momento de sempre..
Que foste uma heroína e deste a vida a esse pequeno ser que tanta alegria vai trazer..
Que estás em pleno namoro a três..
Dizer te que estamos aqui para tudo que precisarem,que te desejamos tudo de melhor que a vida vos possa oferecer.
Que faças ouvidos moucos a quem não sabe colocar se no seu lugar e só vem dizer asneira e inutilidades nesta fase tão boa..
Que vivas com toda a intensidade,amor e alegria estes primeiros dias,assim como todos os outros.
Que sejas a mãe mais carinhosa,mimalha,amorosa,paciente que consigas.
Que esse pequeno tesouro tenha todo o amor que merece,e isso tenho certeza que terá!
Dizer te que tenhas paciência para esta fase de adaptação,para as noites más,se as houverem.
Para os momentos em que ele,tão pequenino e indefeso,não souber como se manisfestar,e chorar muito,o olhares com todo o teu amor e penses que è só uma fase e que com amor tudo se Condé!
E que sempre que precisares,saibas que estamos aqui,bem ao lado para o que for preciso.
Prepara te para me aturares,dentro do possível,porque vou estar sempre por perto.
Adoro vos muito,mas isso já vocês sabem!

sábado, 28 de janeiro de 2017

Deles..

Eles estão crescidos e super unidos..
Amigos,cúmplices,sempre em guerra e sempre atrás um do outro..
Ele sensível e amoroso como sempre,ela palhacinha e meiguinha..
Ela è muito senhora do seu nariz e acha que consegue e pode fazer tudo como quer e quando quer..uma "sopinha de massa",que precisa de meter legendas quando fala,porque ninguém a entende!e no entanto,fala,oh se fala a tagarela!
Acha que tudo lhe pertence e tudo gira em volta dela..tem de ter atenção permanente!
Ele não gosta de estar sozinho,odeia brincar só,gosta de mimo,de colo,de beijinhos,de atenção..
Cada vez gosta menos de brincadeiras com brinquedo e prefere jogos de sociedade,livros,jogos de adivinhar...
Coisas de grande,porque segundo ele,"já tenho pêlos e estou um homem"!!
Ela acha que sabe tudo e não precisa de ninguém para nAda.
São o oposto um do outro e adoram se..
Mesmo que passem a vida a gritar um com o outro e a aborrecerem se mutuamente.
Um dia como hoje,em que um deles saiu à sua vidinha,e o outro ficou,è sinônimo de perguntas a toda a hora..
"O Afonso??onde tá??"
"O Afonso ??quando vem??"
"O Afonso??"
E depois,a alegria de o reencontrar!
E em segundos,já estão a gritar e a pegar um com o outro..
E nós,pais,temos de redrobar paciência e tentar apreciar os momentos bons,muito bons,e ignorar aqueles em que já nem os podemos ouvir.
E tentar esquecer as horas de refeições,que são o pior momento nesta casa.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Já não me lembro da última vez que escrevi aqui e nem sei bem o porquê de não o fazer...
Se calhar precisava de tempo,espaço e talvez motivação.
Ora que hoje bateu à porta a vontade de voltar..por quanto tempo não sei,logo verei.
O certo é que apeteceu falar..ou escrever vá.
Não sei se è dos 30,não sei se è de ter sido mãe(,até parece que foi ontem que fui mãe),ou se será simples saudosismo.
O que sei è que ultimamente sinto muito falta de pessoas que foram importantes e essenciais na minha vida,pessoas que me guiaram,que me viram crescer,que contribuiram para tudo que sou hoje.
Pessoas que a vida foi afastando,ou simplesmente a estupidez da adolescência.
Pessoas que olhando para trás,deviam estar sempre presentes na minha vida..porque fazem parte da minha história,de mim.
Pessoas que não vejo há anos,das quais nada sei,mas que decididamente vou procurar e tentar reencontrar.
Mostrar na mulher que me tornei,mostrar que se podem orgulhar do trabalho que tiveram comigo.
Já o comecei ao voltar a falar com a minha madrinha e a minha tia.
Agora quero reencontrar aquela que foi a minha segunda mãe,MaeMia como.lhe chamava...
Foi tão importante na minha infância,tenho tantas recordações.E preciso mesmo de voltar a vê-la.
Ela e aqueles que foram os meus "irmãos" quando ainda não existia o meu de sangue.
Dizer lhes o quanto contribuiram para o que sou hoje,e o quanto sou agradecida por terem feito parte da minha vida.
Tenho certeza que hei de conseguir,afinal não são de outro país,ainda por cima hoje em dia tudo è mais fácil..

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Calma depois da tempestade

Não posso faltar apenas das alturas más..
Tivemos uma fase má,de tempestade aqui por casa e não quis falar sobre isso..
mas averdade è que tem melhorado,não sei se será influência de eu estar mais calma e paciente,mas eles portam se relativamente melhor.
Quando viemos de férias em setembro,foi o caos,vinham doidos,portavam se mal,nunca obedeciam,Afonso chorava sem razão,com razão..a toda a hora..
E ela,bem ela achava que podia fazer tudo que lhe apetecia,quando bem lhe apetecia..
Essa parte não mudou muito,mas já acalmou.
Não sei se era mesmo de eu andar cansada,desorientada,triste com várias coisas...trabalho,ou melhor a falta dele,saber que para já não posso voltar a trabalhar.a casa que não avançava e a vida em stand by..as minhas dores na anca que atacaram forte..eles que pareciam possuídos ou coisa parecida.
Os dias eram um inferno.
Mas felizmente vai se tudo compondo e como já ouvi dizer,"a vida resolve se sozinha"
Eu acalmei,as dores acalmaram,a casa avança e o resto vai se resolvendo.
E consequentemente eles acalmaram,estão mais obedientes,amigos,e os dias passam se melhor.
Acredito que grande culpa desta fase má,foi minha e da minha "loucura passageira"..
Eles só estavam stressados porque eu estava a ser uma má influência.
Agora são duas crianças normais,que se zangam,gritam,brincam e teem os seus momentos de birrinhas.
E eu tenho mais paciência para eles.
Ela ainda me dá trabalho,è uma cabeça dura e desafiadora,gozona,doida,adora chatear o irmão e fazer palhaçada.
Mas tudo passa e tudo se faz,tudo se resolve e a vida vai rolando.
E não posso apenas registar os momentos maus...

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Sensibilidade excessiva

Tenho um filho sensível..sei disso desde pequenino.
E a cada dia que passa torna se mais evidente.
E acho mesmo que tenho de trabalhar esta faceta dele.
Tenho medo que isso venha a ser um empecilho na vida dele..
Chora facilmente.enerva se facilmente..emociona se com coisa mínimas.
A entrada da irmã para a escola foi um trauma que deu para uma semana..vomitou,dormiu mal,choro a toda a hora..
Isto só porque ela chorou no primeiro dia e ele achava que ela estava triste e não queria ir para a escola..
E tivemos de falar muito até as coisas acalmarem.
Hoje tive mais uma prova que ele é super sensível.
A ver desenhos animados,uma menina chorava porque o gato morreu e ele já estava com as lágrimas nos olhos..
Perguntei porque e tentou esconder..
Mas sou mãe e percebi..
Preciso mesmo de falar muito com ele e aprofundar este lado dele..

sexta-feira, 22 de julho de 2016

à primeira princesa da minha vida

Hoje a primeira princesa da minha vida faz 7 aninhos!
Aquela que foi o primeiro amor pequenino da minha vida,a minha,nossa,afilhada!
Eu que nem pensava em meninas e afinal apaixonei-me por ela assim que a vi,1mês depois de ter nascido,por causa da distância que insiste em nos separar.
Linda,perfeitinha,bochechuda,amorosa..e minha,um bocadinho minha!
Alice,ou Margarida como è para a madrinha,gosto de ti como se fosses minha e apesar de estar longe penso em ti todos os dias,e quero que saibas que podes contar comigo hoje e sempre!
E o que quero è que sejas sempre muitoooo feliz!longe ou perto de mim!
parabèns princesa da madrinha!!nòs adoramos-te!

segunda-feira, 18 de julho de 2016


São 30...e mais 2!!
Bem vividos e acima de tudo felizes!hoje mais do que nunca!!
Que os anos que aí vêem sejam sempre como este que passou,ao lado deles,rodeada de pessoas que me fazem bem!

domingo, 12 de junho de 2016

Mafalda,o furacão


São 5h da manhã e aqui estou eu..
Para falar de Mafalda!
Esta princesa que veio dar mais cor na nossa vida,que veio ensinar como era ser mãe de menina.
Que chegou calma e serena,bebé tranquila e doce,que comia e dormia lindamente e que nunca deu trabalho até ao seu primeiro ano..
E que a partir daí tornou se num furacão!
Um furacão que responde e revira os olhos como gente grande.
Um furacão que grita seja qual o estado de espírito..triste,zangada ou feliz.Tudo é motivo para dar uso às fortes cordas vocais que possui.
E que deixou de comer lindamente para só comer o que lhe apetece e quando bem lhe apetece..
Que diz "nãoooooooo queooooo" e sai da cadeira e ri como se tivesse muita piada..
Um furacão que se acha a palhacita de serviço e que parece ter a aptidão para a asneira entranhada no sangue.
E que acha que tudo gira em volta dela e já agora,tudo é dela,tudo lhe pertence! O " é meuuuuu" está entre as frases preferidas de senhora sua majestade.
Um furacão dentro e fora de casa que faz passar as maiores vergonhas a estes pais que estavam habituados a um filho calmo e sereno e não sabem como lidar com furacões..
E que para completar o pacote passa as noites a gritar e a abanar a cabeça como se tivesse o diabo no corpo..parece cenas do exorcista por vezes.
E não,não me venham com cenas que eu não acredito que está possuída!
Aqui não se acredita nessas coisas e sei perfeitamente que tudo que tenho é uma filha completamente passada dos carretos e que não tem sono de noite,nunca!
Uma doida varrida que acha por bem acordar toda a gente ca de casa,especialmente eu claro,e que acha que cantar e dizer os nomes de todos que a rodeiam às 3h da manhã é que é fixe..e mais fixe ainda é dizer bem alto para todos ouvirem.
E melhor ainda é ficar nessa lengalenga durante 1h...ou 2 já agora..mesmo que a mãe vá lá "ralhar" umas 15 vezes.
Para ela é igual,simplesmente isto é que é porreiro.
E pronto,andamos nisto já ha umas semanas e gostava que me disesse se pretende continuar por muito tempo...mas não diz.
E a minha (pouca) sanidade mental já começa a acusar umas falhas..
Vamos lá ver se isto melhora,apesar que com este furacão tudo tem tendência a piorar!

terça-feira, 10 de maio de 2016


5!!
Uma mão cheia,5 aninhos desde o dia em que te vimos e tivemos pela primeira vez nas nossas vidas!
5 anos de amor,alegrias,birras,chatices,brincadeiras,carinhos....
Continua sempre esta criança linda que tanto me encanta,este menino meiguinho e amoroso que és!
Mesmo nas horas menos boas,amamos te mais que tudo na vida e serás sempre o nosso primeiro grande amor!
Se feliz meu piolho lindo!

segunda-feira, 9 de maio de 2016

A saga das febres


A saga das febres altas continuaram por aqui estes últimos meses e logo no primeiro dia de escola dela,lá apareceu mais uma.
Vou buscar a pequena ao meio dia e lá estava cheia de febre e com angina branca.
Desta vez fui a pediatra dela porque já era a quarta vez que estava assim e eram sempre outros médicos que a atendiam.
Depois de muito pesquisar e pensar,saiu me com um diagnóstico pelo qual não esperava.
Aparentemente sofre de um síndrome qualquer,raro,síndrome de Marshall,que não tem cura,ou melhor acaba por passar com os anos.
Consiste em febres altas e angina branca todos os 15 dias mais ou menos...
Não é grave mas estas febres altas assustam me um bocadinho a nível neurológico.
Vamos fazer uma análise de sangue porque as últimas apresentava anemia,falta de ferro, e para tentar confirmar o síndrome,apesar de para ela não haver muita dúvida e da análise nem sequer conseguir dar certezas.
Agora tenho o remédio em casa e a solução é sempre que aparece a febre dou uma dose e passado 6h passa..
Uma solução será tirar as amígdalas,apesar de não haver certezas.
A ver vamos,não sei bem o que pensar,não estou propriamente inquieta mas por outro lado questiono me no que isto vai dar.
Agora está bem e tem ido a escolinha,para a semana logo veremos.

sábado, 7 de maio de 2016

Fim à discriminação

Desde que tenho os dois pequenos apercebo me de coisas que nunca repararia antes.
O mundo das meninas nunca me fascinou verdadeiramente,princesas e afins,rosa,odeio rosa a não ser aquele mais clarinho ou o rosa seco...agora o rosa associado a coisas de menina e princesa...pfff abomino!
Cada qual com o seu gosto,já sabemos.
Mas o que mais odeio é a discriminação de sexos que por aí anda.
Começa nos brinquedos,passa pelos brindes do McDonald's e ultimamente tenho sido atingida com os acessórios de todo o tipo.
Isto porque o homem pequeno aqui de casa passa a vida a queixar se e com razão,que só ha coisas de meninas!
Ora porque a mãe comprou uma escova de cabelo para a irmã,que até calha ser da frozen,e ele quer uma escova para ele mas simplesmente a mãe não encontra para menino..
Depois foi o desembaraçador de cabelo que também é da frozen e o gel dele não existe com bonecos para ele..
Depois ainda temos as pulseiras e acessórios de cabelo que ela tem aos montes e para ele,bem,não ha nada....
Na roupa não se nota tanto mas ainda assim ha uma variedade infinita para ela e para ele...hmmm o habitual.
Depois também temos o contrário,ela gosta de carros e pistas e espadas..e para já esse tipo de coisas existem sempre na versão flash mcqueen ou avengers ou spider man...e ela quer da frozen ou da minnie vá.
Mas quando vão perceber que teem de acabar com as diferenças e distinções?
Fabricar produtos neutros e igualmente para os dois sexos...?!
Tem sido o meu dilema diário,explicar ao piolho o porquê de haver para a mana e para ele não..e tenho para mim que temos uma longa caminhada até perceber o que mesmo para mim,não tem explicação!

segunda-feira, 25 de abril de 2016

vicios bons

Aqui em casa temos um vicio em comum..
Filmes e acima de tudo series...Andamos a ver Blacklist,Chicago P.D,Murder,Blue bloods,Criminal minds..depois ele ainda tem Game of Thrones e Walking dead.. e eu Chicago fire.
Estamos em espera para ver The last ship,Tyran e Under the dome.
Uma festa portanto..
Não passa nada de jeito na tv e isto realmente torna se um vicio,bom claro.Não faz mal a ninguém..
E tenho certeza que devem andar por ai muitas outras series excelentes que ainda não descobrimos..

A crescer...

Ela deixou a fralda!
Acho que finalmente posso dizer que sim,deixou a fralda durante o dia e mesmo durante a sesta acorda quase sempre seca.
Foram meses de "guerra" e impaciência,tudo porque a mãe achava que estava na altura e porque dava jeito...mas afinal ela é que sabia quando tinha de largar e ser grande!
E foi,de um dia para o outro,largou quando entendeu!
Está a ficar uma crescida e até agora,em 15 dias tivemos uns 3 acidentes.
Agora falar já não está tão fácil,para a semana vai começar a fazer duas manhãs de escola e temo que vai ser difícil porque ninguém a vai entender e porque o pouco que diz, não fala para ninguém de estranho!
A ver como isto corre!
Acredito que não será nenhum bicho de sete cabeças mas também não será fácil.
Como tudo com ela eheh!

quinta-feira, 24 de março de 2016


Sempre fui uma pessoa "fechada" quando se trata de falar de mim e dos meus problemas..
Sou boa ouvinte,boa conselheira,bom ombro amigo,gosto de escrever sobre mim,gosto de diários que sempre escrevi e os quais guardei religiosamente.
Mas falar sobre o que me vai no coração e na cabeça,isso já é outra conversa.E acredito que seria mais feliz e mais leve se o fizesse.vivo rodeada de pessoas que são excelentes ouvintes e com quem poderia falar de tudo mas por vezes,ou quase sempre vá,custa me imenso a me "meter a nu"..
Sou aquela que não chora em momento algum,na frente de ninguém..apesar de hoje em dia já o fazer mais facilmente,ainda custa..
E tento,acreditem que sim,mesmo com aquele que me acompanha já lá vão quase 10 anos,custa!E no entanto ele é o melhor amigo que podia ter e sei que poderia lhe falar de tudo,mas não,não é fácil e por vezes guardo tudinho ca dentro.
O mesmo acontece com amigas a quem podia desabafar a vida toda,tenho lhes confiança cega,mas os meus problemas,as minhas "paranoias" parecem me sempre pequenas e indignas de sairem daqui de dentro.
E por ser assim sei que me magoo e magoo os outros que acham que não confio..acreditem que não!Acreditem que sou mesmo eu que sou assim e que não me sinto capaz de colocar em palavras aquilo que escrevo com a maior facilidade..
Sou eu que sou difícil e complicada e que preciso "trabalhar" esse lado mais fechado de mim.
Mas saibam que serei sempre boa ouvinte e boa amiga para tudo..e terei sempre uma palavra de consolo.
Porque essa sou eu,a que tem sempre mil coisas a dizer ou a escrever..mas que dificilmente falará sobre o que a preocupa realmente..
Quem me conhece sabe que tenho bom coração, mas que dificilmente o "abro" ..
Sou complicada,sempre o fui,mas tento sempre ser o melhor que sei e por vezes prefiro "roer me" por dentro do que mostrar as minhas fraquezas..
Não é por mal,apenas feitio..parvo ou não o meu feitio..

quinta-feira, 3 de março de 2016

Desculpa meu Afonso

Talvez um dia mais tarde venhas a ler isto e percebas o lado da mãe. Sempre ouvi que os irmãos mais velhos levam por tabela das asneiras dos mais novos e hoje acredito cada vez mais nisso. Afonso és um menino meiguinho,sensível e amoroso mesmo que por vezes faças birras e metas os cabelos da mãe (e do pai) em pé! Mas a verdade é que desde que a mana começou a andar,e a fazer asneiras a triplicar,a mãe passa a vida a descarregar em ti e isso é errado. Mas o que acontece filho, é que ela é um bebé e dá muito trabalhinho e grita imenso e quer muita atenção e por vezes nós já estamos tão cansados que não conseguimos perceber que tu também queres apenas atenção..e depois gera se uma birra tua e nós cansados não sabemos como lidar contigo e tudo isto se torna uma bola de neve sem fim. O facto de nenhum dos dois gostar de comer não ajuda em nada,e como consequência as nossas refeições são umaluta constante e tu como maior padeces sempre mais um bocadinho porque achamos que devias dar o exemplo..Desculpa filho se por vezes agimos mal mas um dia vais entender. E quando queres brincar e nós,adultos,não temos paciência,desculpa filho..Deveríamos procurar essa paciência porque depois tu que és pequeno e queres apenas brincar e ser criança,ficas irritado e isso gera birra. Ou quando quero a todo o custo que te despaches a vestir e tomar o pequeno almoço porque está na hora de sair e eu tenho de preparar a Mafalda e tu,como criança que és,não tens pressa nem vontade de despachar.. Desculpa filho se a mãe por vezes falha,mas um dia espero que entendas este mundo dos adultos e perdoes por todos estes dias menos bons. A mamã e o papa amam te muito e tentamos sempre fazer o melhor!!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers