quarta-feira, 25 de novembro de 2015

coisas que me tiram o sono

São 5h30 e como muitas destas noites aqui ando com a cabeça cheia de perguntas e dúvidas. Tem sido assim,insónias atras de insónias e nem sei bem porquê. Ora por causa da casa,não sei se já aqui o disse mas estamos em fase de projecto para construção de casa e acreditem,dá muitas insónias!! E agora a maior parte das vezes são os pesadelos que me acordam e que a seguir metem a cabeça a trabalhar.. Penso em que mundo é este em que estou a criar os miúdos e o que será deles.. Todo este alarido em volta do terrorismo,toda esta informação contínua...dá cabo da cabeça de uma mãe que mesmo não estando na capital tem consciência que aqui também ha dessas coisas e que tudo pode acontecer. E penso no europeu de futebol do ano que vem,que aqui será realizado e ao qual o homem grande pretende ir..e fico com o coração nas mãos..será seguro assistir a um jogo de futebol dadas as circunstâncias? E por outro lado,devemos deixar de viver porque o medo está em todo o lado? Ou devemos viver normalmente e pensar que nunca nos vai acontecer a nós? E estas medidas de extrema segurança darão em alguma coisa? Os pequenos para já não entendem,mas ele daqui a nada começa com perguntas talvez porque lhe falam na escola ou porque assiste na televisão..e como se exolica estas coisas? E depois são as novas normas aplicadas que nem sempre me fazem sentido.. Acabaram com os presépios nas câmaras porque França é um país laico e tem de respeitar todas as religiões...e eu que nunca tive nada contra eles e sempre defendi o respeito e a liberdade de todos fazerem o que bem entendem da sua vida,dou por mim a pensar se então nós temos de acabar com os presépios que tanto fascinam as nossas crianças,não devem as mulheres islâmicas deixar de andar com a cara toda tapada neste país que escolheram para viver? Não deveriam habituar se aos nossos costumes como nós o fazemos com eles..? São tantas perguntas que atormentam esta cabeça que o sono nem vem..e depois se vem,traz pesadelos com armas e perseguições... Uma doideira completa esta minha cabeça ultimamente.. Mas a verdade é que não consigo deixar de pensar que país é este em crio os meus filhos?

2 comentários:

Blog Petizes disse...

Isso chama-se sofrer por antecedência. Concordo com tudo o que dizes mas a França já permitiu tanta coisa que agora e difícil voltar atrás, no entanto, deixá-los fazer o que bem entendem também não é solução.

Como podemos perceber os que se estão a radicalizar são os filhos e não aqueles que um dia quiseram a França como pais para viver. São aqueles que nunca viveram num país islâmico para perceberem que não há futuro. Os muçulmanos querem evoluir tal como nós e estes adolescentes mimados Franceses que sempre tiveram tudo querem privar os seus de evoluir e aterrorizar os seus compatriotas.

Aconselho-te a desligar a televisão e a esquecer o mundo lá fora. Aproveita o que tens agora, sonha com a tua casinha e aproveita os teus filhotes, afinal podes sair de casa e acontecer-te alguma coisa.

Beijinhos

Magda E. disse...

Como te entendo. Eu não estou ai, mas desde que fui mãe temo muito mais por tudo e por nada, e cada vez que vou a sítios onde se encontram muitas pessoas juntas fico nervosa. Tento pensar que estou a ser estúpida e exagerada, e que não me vou deixar levar pelo medo, mas a verdade é que não me sinto mesmo nada confortável no meio de grandes multidões.

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers