terça-feira, 17 de novembro de 2015

inquietudes de mãe

Como seria de esperar aqui por estes lados,desde sexta feira a televisão parou e só se fala sobre os atentados. E eu fico de coração apertadinho de cada vez que vejo seja o que for sobre estas mortes estupidas e completamente sem sentido.. Parece que mais nada é certo neste mundo e cada vez sabemos menos para o que estamos a criar os nossos filhos e isto mete medo.. Acredito que quem está em Portugal não sinta tanto este receio,mas eu que estou por aqui,sinto e cada dia mais. Não quero que o meu filho cresça neste meio onde vivo,um bairro social rodeado de gente doida e uma cambada de adolescentes e jovens desocupados e sem nada na cabeça.. Não tenho nada contra muçulmanos,acho que já o disse que convivo com eles e tenho amigos,mas o certo é que é muito mais fácil o meu filho arranjar mas companhias aqui do que se estivermos em Portugal. E será muito mais propício um jovem que cresça neste país ser "levado"e influenciado por esses doidos radicalistas que qualquer jovem no nosso Portugal. E por isso mesmo a ideia fixa que temos de voltar a nossa terra cada vez mais ganha forma.. Não queremos que eles cresçam aqui e sim no nosso cantinho! Se já estavamos ansiosos por voltar,hoje a vontade cresce de dia para dia!

1 comentário:

Blog Petizes disse...

Entendo perfeitamente a tua aflição...Se estivessemos no teu lugar também estavamos todos cheios de medo.

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers