sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Tenho de para de ver o programa da tarde..

Antes que fique traumatizada!
È que se ouve com cada coisa que nos dà cabo da alma e do coração!
Ontem era sobre mulheres que tinham os maridos presos e como contaram,ou não,aos filhos..e houve uma història que me deixou desolada!Uma delas,uma "menina" com 21 anos e que tinha o marido preso porque 6 meses antes,o tinha deixado em casa a tomar conta das 2 filhas,uma com 2 anos e outra com 2 meses,enquanto saiu por uns momentos..nisto ele liga aflito porque a bebè vomitou.Ora ela dirigiu-se a casa calma,e uns segundos depois outro telefonema,de novo o marido,mas jà muito aflito porque a menina não respirava e estava como cal!
Ela correu atè casa e quando chegou deparou- se jà com bombeiros e mais não sei o quê de volta da menina e ela completamente inconsciente..desesperou como qualquer uma de nòs o faria e pareceu-lhe que caìa o mundo encima!
A menina acabou por falecer e a autòpsia acusou traumatismo devido a "sacudir" ou là como se deve dizer  a bebè!Ora lògico que prenderam o marido por suspeita de homicidio,involuntàrio ou não,e aquela mãe ficou sem marido e uma filha bebè,com uma criança de 2 anos para cuidar e a quem tem de explicar o que aconteceu..
Não me imagino em tal situação,e penso no que sentirà uma mulher nestas circunstâncias..?!
Dificil,muito dificil pensar numa coisa destas,não me consigo projectar em tal situação e sò peço nunca ter de saber o que se sente..
Olho para o meu piolho e sò consigo agarrà-lo com força e dar muitos beijinhos e muitos miminhos e pedir que fique sempreeeee comigo!

E penso nestes pais que "abanam" os bebès com força,ou sem ela,e que não pensam sequer nas consequências!Eu sempre odiei ver a "abanar" bebès no geral,mesmo quando è devagar,mete-me impressão e nunca o fiz,nem deixei fazer ao piolho!Eles são tão fràgeis e pequeninos,acho que dà para perceber que ao abanar um ser tão fràgil,tudo dentro dele vai "abanar" e sabe-se là o que vai acontecer!
Espero que muita gente assista a reportagens como esta que assisti e percebam que não,não se deve abanar um bebè!!Nunca,em tempo algum,com ou sem força!

6 comentários:

Marta Pinto disse...

Sou muito sensivel a isso... As vezes ne o noticiaro vejo!

Queria te agradecer de uma forma especial pelo teu comentario, nem imaginas como sabe bem... Mas nao entendi bem uma coisa, tambem estas fora do pais?

beijinhos

sandra disse...

Agora deu-me um aperto tão grande no coração Amo tanto os meus filhos mas tanto que não quero nem pensar nessa situação são tudo na minha vida e nunca niguem lhes vai fazer nada que eu não deixo mas infelizmente como essa Mãe nem sempre estamos presentes :(

Susana disse...

As pessoas quando estão nos seus limites cometem coisas que se arrependem. Há quem seja ruim por natureza e faça-o por maldade e há quem o faça por não está no seu perfeito juízo. É facil julgar os outros mas entender os limites de cada um é mais difícil. Por mais que amemos os nossos filhos em situações de cansaço extremo coisas dessas podem acontecer até à mãe ou pai mais amoroso e carinhoso. Não é correcto e é bom que se aprenda, infelizmente, com relatos destes. Ainda no outro dia veio á conversa aquele pai que foi para o trabalho e deixou a bebé no carro, que veio a falecer e o pai condenado...
beijinho e bom fim de semana ;o)

Magda E. disse...

oh! Nem consigo imaginar tal situação... =(

Isa disse...

Sinceramente não vejo nenhum desses programas. Na televisão só se ouve falar de tragédias, acidentes, desastres, assassinatos... raramente é valorizado o que se anda a fazer de bom por aí fora! Não é querer ignorar o que se passa de mal no mundo, mas acho que tanto negativismo só ajuda a que as pessoas fiquem ainda mais depressivas do que já andam...
Beijinhos

O Sexo e a Idade disse...

Até fiquei mal disposta...

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers