quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Um desgosto de amizade pode doer tanto?

Como um desgosto de amor?!
Boa pergunta e para a qual não encontro resposta..
Jà sofri muito com uma desilusão de amizade,um desgosto,sim,e sei que pode ser uma dor muito grande,que pode ter dimensões inimaginàveis na nossa vida,que pode mexer com a nossa cabeça e mudar a nossa maneira de pensar e de agir!
Acredito que muda tudo,eu mudei depois de ter perdido a amizade da minha suposta melhor amiga,da minha "irmã de coração"..depois da desilusão e do sentimento de ser enganada!
Tinha uma amizade tão fusional com ela,faziamos tudo juntas e confiàvamos cegamente uma na outra,partilhamos tudo e vivi com ela alguns dos momentos mais felizes de sempre!
Quando ela decidiu acabar com esta amizade,enganar-me e ainda trair a minha confiança,senti-me  a pior pessoa do mundo e senti que o mundo ia acabar,ainda por cima,numa altura tão mà como a que jà estava a viver..Custou muito mesmo,chorei,sim,chorei!Tive muita raiva e senti-me muito enganada!
Mas acabou por "passar",ou atenuar com o tempo!
Apesar de passados 6 anos,voltar a encontrà-la na rua e o simples olhar frio e um "bom dia" ainda mais glacial,fazer-me reviver tudo e mexer comigo,ao ponto de me estragar o resto do dia!
Tudo porque aquela amizade tão verdadeira chegou ao fim,sem uma explicação,sem respostas para as minhas perguntas,sem uma razão aparente e de um dia para o outro..
Por tudo isto,poderà uma desgosto de amizade doer tanto como um de amor?
Talvez sim,talvez ainda mais,não sei!sei que pode mudar a nossa personalidade,que pode mudar os contornos da nossa vida,e que pode mudar tudo para o resto da nossa vida!
Conseguirei eu algum dia ultrapassar este desgosto!?Não sei,não penso nisso todos os dias da minha vida,mas de vez em quando,là voltam as memòrias de uma amizade que eu pensava ser para a vida...

3 comentários:

Magda E. disse...

Como te entendo. Eu cheguei a entrar em depressão por uma situação parecida. ainda ontem a vi, é raro, mas cruzámo-nos de carro. Com o tempo consegui perdoá-la, cheguei a dizer-lhe isso, e a pedir perdão por a ter odiado, mais pq isso me fez muito melhor a mim do que a ela. Mas continua a magoa da amizade que eu achava q tinha e se esfumou tão depressa. Eramos cm irmãs, hoje somos apenas conhecidas. I dito isto, para mim, o fim desta amizade doeu mais q qualquer desgosto amoroso que tenha tido... e tive alguns. beijinhos

Adoro-te Mamy... disse...

Um beijinho, e sim na verdade acredito que exitem amizades que não são para a vida!

Anónimo disse...

Infelismente estou a sofrer do mesmo mal, já passaram alguns meses que a minha melhor amiga me abandonou, sinto-me traída, descepcionada, triste, raivosa, sinto um desgosto enorme e arrependimento de ter confiado/partilhado cegamente a minha vida pessoal com ela.

Estive prestes a entrar numa depressão, pois acho que nunca me senti tão magoada na minha vida, tão rebaixada, como é possivel acabar uma amizade, quando eu não fiz nada, e ser acusada de coisas absurdas que não são verdade, como é possivel uma pessoa não pensar o quanto me magou.

Eu faria de tudo por ela, pois a via como uma irmã, mas pelos estava enaganada e ela nunca foi minha amiga, pois foi em muitas situações estupida e ingrata para comigo.

Deixei de fazer as coisas que eu mais gostava por causa dela, simplesmente não a quero ver na frente, nem ouvir o nome dela, pois cada vez que ouço o nome dela, sinto como tivesse agulhas a enfiar-me no peito.

Acho que o acabar de uma amizade é pior doque um namoro, pelo menos falo por experiência própria! Dizem que o tempo cura tudo, mas para mim está a custar a passar essa dor enorme!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers